Cadeirante é suspeito de participação em sequestro-relâmpago em Vitória

Cadeirante é suspeito de participação em sequestro-relâmpago em Vitória

Uma mulher foi vítima de sequestro relâmpago, em Vitória, na noite da última quinta-feira (13). Um dos suspeitos preso pelo crime é um cadeirante, que a seguiu em um carro adaptado.

Segundo a polícia, a vítima mora em Vitória e trabalha em uma escola de Morada da Barra, na Grande Terra Vermelha, em Vila Velha. Ela relatou aos policiais que deixou o serviço por volta de 21h30.

No caminho de casa, a vítima percebeu que um carro prata a seguia na Segunda Ponte, que liga os municípios de Vila Velha e Cariacica a Vitória. Ela ainda tentou acelerar, mas o outro veículo aumentou a velocidade.

Ao chegar em casa, ela ficou mais tranquila, pois percebeu que o veículo que estava em alta velocidade teria passado direto. No entanto, ao retirar os pertences do carro, dois homens subiram a ladeira e anunciaram o assalto.

Os criminosos obrigaram a mulher a entrar no veículo e seguiram até a estrada do dique, enquanto o carro prata continuou acompanhando. A vítima foi liberada enquanto os outros dois carros seguiram na estrada.

Uma viatura da Polícia Militar passava na hora e conseguiu abordar o carro prata. Luis Ricardo Gonçalves de Almeida, 31 anos, era quem dirigia. Ele é cadeirante e conduzia um veículo adaptado. Junto com ele estava Paulo Souza da Silva, 32 anos, e um adolescente de 15 anos. No entanto, outros suspeitos ainda conseguiram fugir com o carro da professora.

Os três foram levados para a Delegacia de Vila Velha e foram autuados por roubo qualificado.

Fonte: Folha Vitória