Caminhoneiros mantem manifestação contra o aumento do combustível

Caminhoneiros de todo o país estão mobilizados contra o aumento no preço dos combustíveis. Desde de domingo (20 de Maio) paralisações nas estradas vem sendo registradas pela Polícia Rodoviária Federal.

Caminhoneiros mantem manifestação contra o aumento do combustível

A Associação Brasileira de Caminhoneiros (ABCam) reivindica a isenção de PIS, Cofins e Cide sobre o óleo diesel utilizado por transportadores autônomos. A associação também propõe medidas de subsídio à aquisição de óleo diesel, que poderia ser dar por meio de um sistema ou pela criação de um Fundo de Amparo ao Transportador Autônomo.

A categoria alega que os caminhoneiros vêm sofrendo com os aumentos sucessivos no diesel, o que tem gerado aumento de custos para a atividade de transporte. Segundo a associação, o diesel representa 42% dos custos do negócio e 43% do preço do combustível na refinaria vem do ICMS, PIS, Cofins e Cide

Hoje, aqui no Espírito Santo, protestos acontecem na BR-101 e na BR-262. Na primeira os caminhoneiros então parados no acostamento nos quilômetros 305 (Viana) e 414 (Cachoeiro do Itapemirim), o transito é livre para carros pequenos.

Na BR-262 os manifestantes também ocupam o acostamento do quilômetro 156 (Ibatiba), somente carros de passeio conseguem trafegar.

Com informações da Agência Brasil