Chuva aumenta nível do Rio Jucu e rodízio é suspenso em parte da Grande Vitória

Chuva aumenta nível do Rio Jucu e rodízio é suspenso em parte da Grande Vitória

A Cesan (Companhia Espírito Santense de Saneamento) vai suspender o rodízio no abastecimento de água para os bairros atendidos pelo Rio Jucu. A medida será implantada a partir do meio dia desta sexta-feira (07) e abrange os municípios de Vila Velha e Viana, além da região que compreende a Ilha de Vitória e parte do município de Cariacica.

No entanto, na área abastecida pelo Rio Santa Maria da Vitória o rodízio continua e a população precisa economizar. O Rio Santa Maria abastece a parte continental de Vitória até as pontes da Passagem e de Camburi, todo o município de Serra, parte de Cariacica, além de Praia Grande, em Fundão.

Segundo o diretor de Engenharia e Meio Ambiente da Cesa, Amadeu Wetler, a suspensão do rodízio foi possível devido à melhora nas condições do Rio Jucu com as chuvas dos últimos dias e com a proximidade do período úmido.

“Monitoramos diariamente as condições dos mananciais e, com as últimas chuvas, a expectativa de recuperação no Rio Jucu vem se confirmando, o que nos permite retomar o abastecimento para as localidades atendidas com água coletada nesse rio”, explica Wetler.

A Cesan alerta que a situação ainda é crítica e a população deve manter hábitos de redução do consumo de água. O rodízio de água pode ser implantado novamente a qualquer momento caso as condições dos mananciais voltem a se deteriorar.

Operação

O rodízio no abastecimento de água permanece inalterado para as áreas da Grande Vitória abastecidas pelo Rio Santa Maria da Vitória. Os bairros foram agrupados em sete regiões distintas e a cada dia da semana uma região tem o fornecimento de água suspenso por um prazo de 24 horas, sempre a partir das 12 horas. Passadas as 24h de interrupção, o sistema pode retornar ao normal em até 24 horas.

Balanço

Com a pior crise hídrica que já atingiu o Espírito Santo nos últimos 80 anos, vários municípios estão sob racionamento de água. Na Grande Vitória foi necessário implantar um plano de contingenciamento com rodízio no abastecimento de água que teve início no dia 22 de setembro.

A operação do rodízio alidada à diminuição do consumo pela população permitiram uma economia dentro da expectativa. Nesse período, o resultado obtido foi uma redução de 18% no sistema que capta água do Rio Santa Maria da Vitória e 14% no Rio Jucu. Ao todo 756 milhões de litros de água foram economizados. Esse volume daria para abastecer o município da Serra por 17 dias ou 58 mil residências por um mês.

Ao todo o rodízio alcançou 416 bairros nos municípios de Vitória, Vila Velha, Serra, Cariacica, Viana e Fundão, abrangendo uma população de mais de 1,7 milhão de habitantes, totalizando 566.807 unidades consumidoras entre residências, comércio a serviços, indústria e setor público. O plano de contingência para operar o rodízio foi elaborado pela Cesan de forma que o abastecimento ocorra de forma isonômica para todos.

Fonte: Folha Vitória