Gasolina já está mais barata na Grande Vitória

Gasolina já está mais barata na Grande Vitória

A redução nos preços da gasolina e do diesel comercializados pelas refinarias da Petrobras já começa a impactar o bolso do consumidor da Grande Vitória. Os combustíveis, que vinham sofrendo sucessíveis altas do preço, já estão mais baratos. A gasolina já está sendo vendida com valores menores, chegando a R$ 0,15 de baixa em alguns postos.

A redução de 3,2% da gasolina e 2,7% do diesel anunciada pela estatal no dia 10 de outubro foi a primeira em sete anos – em junho de 2009, o valor da gasolina caiu 4% e o diesel teve queda de 15%.

A reportagem de A GAZETA percorreu postos na Região Metropolitana, na tarde desta terça-feira, e encontrou vários estabelecimentos ajustando os preços. É o caso de um posto na BR 262, em Campo Grande, Cariacica, que diminuiu o valor da gasolina de R$ 3,69 para R$ 3,54.

A previsão inicial da Petrobras era que os valores caíssem R$ 0,05 por litro, em média, nos postos.

Em outro estabelecimento de Vitória, a queda foi de R$ 0,14, passando dos R$ 3,69 cobrados na semana passada para R$ 3,59 o litro registrados ontem. “Eu estava passando aqui pela região e resolvi parar para abastecer porque percebi uma queda no valor da gasolina”, afirmou o auxiliar administrativo, Weverton Julio.

O consumidor também encontrou redução na cidade canela-verde, com postos alterando os preços de R$ 3,69 para R$ 3,55. Já na Serra, um posto passou a cobrar R$ 3,59 pelo combustível que custava R$ 3,70 na semana passada.

“Eu costumo abastecer sempre no mesmo posto, pois todos os dias faço o mesmo caminho, e percebi que baixou um pouco o preço”, afirmou o empresário Julian de Marco, que costuma abastecer o carro em Vitória.

Sindicato

O Sindicato do Comércio Varejista dos Derivados de Petróleo do Estado do Espírito Santo (Sindipostos-ES) afirma que a medida adotada pela Petrobras é positiva, mostrando que a empresa está mudando sua política de preços, mas ainda é preciso rever o valor cobrado pelas refinarias do país.

“Um grave erro do passado está sendo corrigido, mas ainda há uma disparidade com os preços praticados nos mercados internacionais. É inaceitável”, disse o diretor de Comunicação e Financeiro do Sindipostos-ES, Nerleo Caus.

Caus lembra que a baixa do valor cobrado na bomba depende do repasse das distribuidoras e da vontade dos próprios revendedores.

Preço alto do álcool barra baixa maior da gasolina

A redução do preço da gasolina pode demorar a chegar em todas as redes de combustíveis por conta da valorização do álcool anidro, que representa 27% da composição da gasolina. Os proprietários reclamam que a alta acaba afetando diretamente no preço da bomba, já que eles precisam arcar com outras despesas.

“O álcool está sendo vendido por R$ 0,40 o litro. Esse anúncio sobre a redução engana muito a população. Não percebemos essa redução porque o álcool também aumentou, então a diferença não chega a R$ 0,01 para o revendedor”, afirma o empresário Pedro Pasolini, sócio-proprietário de um posto da Serra.

Apesar da queda no valor da gasolina, o preço do diesel ainda não sofreu redução. Dos postos visitados pela reportagem, ontem à tarde, apenas um, na Capital, reduziu o valor, passando dos R$ 2,88 para os R$ 2,78.

Fonte: Gazeta Online