Mais uma morte no Hospital Evangélico de Itapemirim por falta de UTI Móvel

Mais uma morte no Hospital Evangélico de Itapemirim por falta de UTI MóvelAntônio Jorge de Oliveira de 46 anos teve um AVC (acidente vascular cerebral) e estava sendo assistido no Hospital Evangélico de Itapemirim desde dia 9 desse mês de junho. Ele teve uma complicação com uma pneumonia e pancreatite que se agravou, o paciente não resistiu a espera de sete dias por uma transferência e acabou falecendo na madrugada de hoje por volta da 00:00hs.

Sua prima Adriana Enrique que disse que entrou em contato com a Drª Michelle e Julinho, secretário de saúde de Itapemirim na quarta-feira e ambos prontamente ajudaram em tudo que estava ao alcance e conseguiram a vaga para UTI em Vitória ontem (15/06), porém a UTI móvel não chegou a tempo e Antônio acabou falecendo.

Mortes são freqüentes por falta de vagas de UTI e UTI móvel

O litoral sul do ES têm chamado atenção na imprensa pelas freqüentes mortes relacionadas à falta de UTI. O nosocômio recebe os pacientes e não possui condições de mantê-los vivos. Em tempos vale lembrar que Itapemirim, onde fica o hospital é administrado por médicos: Dr. Luciano Paiva (afastado) e Dr. Thiago Peçanha (interino). O hospital é particular, mas recebe verbas públicas para funcionar.

O velório de Antônio será na capela da Vila de Itapemirim, porém o horário ainda não foi definido pela família.