Mutirão retira 84 toneladas de lixo da Baía de Vitória

Mutirão retira 84 toneladas de lixo da Baía de Vitória

A poluição da Baía de Vitória é um assunto em evidência, principalmente nos últimos meses, por conta do lançamento de esgoto no mar. No entanto, a quantidade de lixo na costa da capital também é um problema. A prova disso é que um mutirão da secretaria de meio ambiente retirou 84,17 toneladas de lixo da Baía.

Seu navegador não suporta elementos de áudio.

Foram recolhidos materiais de todo tipo entre quarta-feira e sexta-feira ao redor de toda a ilha de Vitória e também na parte continental da capital. Até mesmo portas, janelas, vasos sanitários e armações de sofás foram encontrados.

De acordo com o secretário municipal de Meio Ambiental, Luiz Emanuel Zouain, foram medidas as quantidades de lixo retiradas de cada lugar para identificar as regiões mais problemáticas. “Toda a extensão que vai de Andorinhas até o final de Santo Antônio, em frente ao cais do hidroavião, perfaz 75% de tudo o que recolhemos na cidade inteira. Esse circuito às margens da Serafim Derenze é o mais problemático, é onde mais se joga lixo”, afirmou.

Nesses locais, além do problema para a saúde da população, também há prejuízos para o meio ambiente, já que a região é formada por mangue em grande parte. Segundo o secretário, um trabalho de educação ambiental está sendo feito para que esses problemas sejam resolvidos.

O mutirão contou com os trabalhos de 125 garis que limparam toda a orla do município. A última vez que houve um mutirão de limpeza como esse foi em 2015, quando foram retiradas 33,3 toneladas de lixo da Baía de Vitória.