Nas últimas 24 horas, Castelo acumulou 78 milímetros de chuva

Defesa Civil Estadual divulgou um balanço com os estragos provocados pela chuva

Nas últimas 24 horas, Castelo acumulou 78 milímetros de chuva

Castelo foi o município que mais acumulou volume de chuva nas últimas 24 horas no Espírito Santo. Segundo informações da Defesa Civil Estadual, foram 78.27 milímetros. Nesta sexta-feira (16), o órgão divulgou um balanço dos estragos provocados pelo mau tempo.

Em Mimoso do Sul, 40 famílias ficaram desabrigadas e 13 desalojadas. Em Afonso Cláudio houve deslizamento de terra e de rochas. Uma casa foi danificada e seis pessoas ficaram desalojadas.

Maiores acumulados de chuva

Castelo (78.27 mm), Alegre (59.43 mm), Cachoeiro de Itapemirim (58.62 mm), Água Doce do Norte (47.57 mm), Guarapari (46.6 mm), Pancas (42.78 mm), Mimoso do Sul (35.8 mm), Itapemirim (35.3 mm). Demais cidades tiveram acumulado inferior a 30 mm nas últimas 24h. (Fonte: Pluviômetros CEMADEN). Os índices foram atualizado às 8h30 desta sexta.

Registro de ocorrência nas últimas 24 horas

Afonso Cláudio

Teve deslizamento de terra e de rochas. Uma casa foi danificada e seis pessoas ficaram desalojadas.

Mimoso do Sul

Foi registrado um rolamento de bloco e deslizamento de terra. Quarenta famílias ficaram desabrigadas e 13 famílias desalojadas. O município colocou em prática o plano de contingência.

Baixo Guandu

Algumas pontes foram danificadas e uma casa foi destelhada. Acesso restrito ao bairro Rosário I, no interior do município.

Alegre

Uma casa desabou e outras 150 casas ficaram danificadas. Seiscentas pessoas ficaram desalojadas. A situação já foi normalizada. Na chegada de Alegre, km 2, a queda de uma barreira interditou parcialmente a BR 482. Na saída da cidade para Guaçuí também caiu árvores interditando a BR. Na Vila do Sul, metade de uma casa e mais três estão sobre riscos de desabamento. Na ES 387, que liga Alegre ao Distrito do Café, a estrada está interditada por causa de alagamento.

Rio Novo do Sul

Segundo a Coordenadoria Municipal de Defesa Civil da cidade, uma enxurrada atingiu o município obstruindo várias vias e acesso à Região Serrana e ao interior.

Conceição do Castelo

Inundação devido ao aumento do nível do rio, causando o alagamento de várias ruas.

Iconha

Fortes chuvas atingiram o município fazendo com que o rio inundasse a cidade. Trânsito ficou retido na cidade, próximo à ponte, devido aos alagamentos. A situação foi normalizada durante a tarde.

Piúma

Devido à alta vazão do rio oriundo de Iconha, foi necessário abrir um desvio no rio. Foram registrados quatro deslizamentos de terra e 12 quedas de árvores.

Anchieta

Alagamento foram registrados em diversos locais da cidade. A Defesa Civil municipal ainda está levantando dados sobre as ocorrências. Situação no município já foi normalizada.

Alfredo Chaves

Devido ao alto volume do rio, houve inundação na cidade. Duas edificações foram destruídas e duas famílias ficaram desalojadas.

Cachoeiro de Itapemirim

Segundo o Coordenador Municipal de Defesa Civil, foram registradas diversas ocorrências de deslizamento de terra e quedas de árvore no município. O coordenador disse ainda que está levantando números exatos sobre as ocorrências atendidas no município.

Fonte:Agência Leia com informações da Defesa Civil