Soldado baleado ao tentar impedir assalto morre em Cachoeiro

O soldado foi baleado e teve sua arma roubada. Antes disso, porém, Zamboti atingiu um dos criminosos, que morreu no local.

Soldado baleado ao tentar impedir assalto morre em Cachoeiro

O soldado da Polícia Militar Dione Zamboti Cozaqueve, de 25 anos, baleado por um criminoso ao reagir a um assalto em outubro deste ano, morreu na madrugada desta segunda-feira (14), no hospital onde estava internado, em Cachoeiro de Itapemirim, na região Sul do Estado.

Zamboti fazia compras em um supermercado no bairro Village da Luz, quando reagiu ao assalto. Ele foi baleado e teve sua arma roubada. Antes disso, porém, Zamboti atingiu um dos criminosos, que morreu no local. O outro responsável pelo crime foi preso um dia depois.

O soldado estava internado desde o dia 5 de outubro, quando aconteceu o crime. Zamboti, que estava em situação estável desde que passou por uma cirurgia, contraiu uma pneumonia no Centro de Tratamento Intensivo (CTI). O quadro se agravou e o soldado morreu por volta das 4h desta segunda-feira.

Fonte: Agência Leia.