Vândalos invadem e destroem parte do estádio Sumaré em Cachoeiro

Vândalos invadem e destroem parte do estádio Sumaré em Cachoeiro
Foto: Rodrigo Souza

O estádio Mário Monteiro, o Sumaré, sede do Estrela do Norte FC em Cachoeiro foi alvo, pela terceira vez em dois meses, da ação de vândalos, que invadiram o local e destruíram portas, cadeiras, sistema de iluminação e água. A diretoria ainda vai calcular os prejuízos causados.

De acordo com a diretoria do clube, o crime foi constatado no início da noite da última segunda-feira (26). Os vândalos quebraram a porta do bar, beberão toda água mineral que estava guardada e jogaram as garrafas vazias nas arquibancadas.

Além disso, quebraram parte da estrutura do poço de peixes às margens do campo, entraram nos vestiários e lançaram as ferramentas no gramado, entortaram a estrutura de aço que segura a lona de proteção de sol do bar, lançaram os talheres da cozinha nas arquibancadas.

No escritório do clube, arrancaram a campainha e cortaram os fios dos refletores do estádio. Nada foi levado do local. Nesta terça-feira (27), a diretoria vai realizar uma vistoria no estádio, para contabilizar os prejuízos. “Vamos procurar a polícia e tomar as providências necessárias. Por alto, não tivemos grandes prejuízos, mas tivemos nosso patrimônio danificado. O que tivemos no Sumaré foi um ato de vandalismo”, comenta o vice-presidente Crivaldo Monteiro, o Caniggia.

Ainda, segundo a diretoria, será registrado um boletim de ocorrência, e alguns objetos, como computadores, impressoras e outras, foram retirados durante a manhã para evitar que os vândalos retornem e destruam o restante de pertences do clube.

Fonte: Folha Vitória