Preso um dos bandidos que roubaram carro de Renato Casagrande

Carro do governador eleito Renato Casagrande, que foi roubado na manhã deste sábado (1)

Preso um dos bandidos que roubaram carro de Renato Casagrande
Preso um dos bandidos que roubaram carro de Renato Casagrande

Foto: Vitor Jubini

Um dos criminosos que roubaram uma Toyota Hillux do governador eleito, Renato Casagrande, foi preso neste sábado (1), horas após o crime. Vitor Amorim Gomes, de 25 anos, foi detido pela Polícia Civil, por meio da Delegacia Especializada de Segurança Patrimonial, ainda no período de flagrante. Ele foi autuado pela prática do crime de roubo qualificado e encaminhado ao Centro de Triagem de Viana. O segundo envolvido no crime continua foragido,

O CRIME

O carro do governador eleito, Renato Casagrande, foi roubado na manhã deste sábado, por volta das 6h30, no bairro Ibes, em Vila Velha. O veículo, uma Hilux prata, estava na casa do motorista de Casagrande, de 52 anos. O funcionário do político e a esposa foram amarrados antes dos bandidos fugirem com o automóvel. Esta é a segunda vez no ano que Casagrande tem um carro roubado.

LUTA COM BANDIDO

Segundo informações da Polícia Militar (PM), o motorista acordou por volta das 6h30 e foi até o quintal da residência, quando viu um homem desconhecido. Ele reagiu ao assalto e lutou com o bandido, chegando a segurar a arma dele. Porém, o comparsa chegou e conseguiu render o funcionário de Casagrande, que acabou amarrado junto com a esposa em casa.

CARRO DEIXADO NA SERRA

O carro foi recuperado em Feu Rosa, na Serra, após buscas feitas pela polícia. Assim que o Ciodes foi acionado, por volta das 9h30, os militares saíram para atender a ocorrência. Quando estavam a caminho do local onde estaria o veículo, um morador avisou que viu dois indivíduos abandonando uma Hilux.

PERÍCIA

O carro foi levado por um guincho para a 3ª Delegacia Regional DPJ Serra, onde foi periciado pela Polícia Civil. Ele já foi liberado e entregue para o motorista.

GOVERNADOR ELEITO LAMENTA VIOLÊNCIA

Por meio de nota, Renato Casagrande afirmou que “lamenta que, assim como acontece diariamente com muitos outros capixabas, seu motorista e sua família tenham sido vítimas de um ato de violência”. Na nota, Casagrande diz ainda que “felizmente ninguém saiu ferido, e o carro roubado já foi encontrado. O caso agora está com a Polícia Civil, que conduzirá as investigações.”

Confira a fonte original do Gazeta Online, clicando aqui.