Advogado de Paulo Hartung na Lava Jato é preso pela Polícia Federal na Operação Patmos

0
1247

adv-hartung

Foi preso pela Polícia Federal na Operação Patmos – desdobramento da operação Lava Jato, o advogado Willer Tomaz, acusado de subornar o procurador da república, Ângelo Villela para que esse interferisse na operação Greenfield que investiga irregularidade nos fundos de pensão. A ideia seria atrapalhar o processo de negociação da delação premiada do dono da Friboi, Joesley Batista.

Rodrigo Janot, Procurador-geral da República, enviou mensagem aos procuradores do Ministério Público Federal em que confirmou ter pedido ao Ministro do Supremo Tribunal Federal, Edson Fachin, a prisão preventiva de Ângelo Villela e do advogado de Hartung, Willer Tomaz.

O profissional atua nos processos de Paulo Hartung na operação Lava Jato no âmbito da delação premiada dos executivos da Odebrecht, em que o Governador é acusado pelo delator Benedito Barbosa (responsável pelo departamento de propina da empreiteira) de ter direcionado R$: 1.8 milhões  em pagamentos indevidos a Paulo Hartung e aliados em campanhas eleitorais.

7165c1d1-7bfe-4d54-a8ba-9e7cbb98820c

LEAVE A REPLY