Cidade de Anchieta sediará XVI Congresso Brasileiro de Poetas Trovadores

São José de Anchieta será homenageado por poetas

No evento serão ministradas palestras abordando o santo como o primeiro professor do Brasil e sua importância para a catequese dos índios em solo capixaba

Começa nesta quinta feira, dia 4 de Julho o XVI Congresso Brasileiro de Poetas Trovadores um evento cultural que promete agitar culturalmente a cidade de Anchieta, com Palestras, Mesas Redondas, Poesias, Trovas, Oficinas de Criação Poética, Serenata e um desfile da Troveata. A promoção é da Academia Capixaba de Letras e Artes de Poetas Trovadores, ACLAPTCTC e conta do o apoio da Prefeitura e da Câmara e de vários segmentos culturais de Anchieta. O evento que será realizado durante quatro dias, de 04 a 07 de Julho, será no Auditório da Câmara Municipal de Vereadores de Anchieta e a entrada é totalmente gratuita, sendo um Congresso aberto a participação de qualquer pessoa que goste de Poesias, de Trovas e das boas músicas de Serenata.

O Congresso contará ainda com um Concurso Musical e de culinária para a escolha do melhor Bolinho de Arroz da Cidade e um Concurso para a escolha do melhor Poeta de Anchieta e Região. Dentro da programação está prevista ainda para o Domingo uma Celebração Ecumênica em Trovas, com a participação do Pastor Jamil Miana Quinteiro, com Trovas do Trovador Antônio Augusto de Assis, de Maringá, (PR) e Trovas de Clério José Borges e vários Trovadores, entre as quais a professora Valsema Rodrigues da Costa e a Escritora Vera Lúcia Coser. Na celebração haverá Cantos de Louvor e o Escritor João Roberto Vasco Gonçalves e a Escritora Comendadora Maria Dolores Pimentel Rezende e a Comendadora Magnólia Pedrina Sylvestre cantarão o “Credo” em Latim.

Segundo o Presidente da Academia Capixaba de Letras e Artes de Poetas Trovadores, ACLAPTCTC, antigo Clube dos Trovadores Capixabas, Historiador Clério José Borges, um dos pontos altos do evento será a mesa redonda sobre a história da colonização da cidade de Anchieta, com a participação de historiadores do renome do Presidente do Instituto Histórico e Geográfico do Espírito Santo, Getúlio Marcos Pereira Neves e Manoel Goes, também participarão a professora da UFES Sônia Missagia Mattos e o historiador local, Jeferson Mulinari.

Outro momento de grande importância será a Palestra da Professora Emérita da Ufes, Universidade Federal do Espírito Santo, Escritora Ester Abreu sobre “Anchieta – O Primeiro Professor do Brasil e José de Anchieta, dramaturgo de Espírito Santo e do Brasil.”

PREMIAÇÕES E HOMENAGENS
O Congresso será realizado gratuitamente podendo participar qualquer pessoa interessada e os que se inscreverem preenchendo a Ficha de Inscrição receberão posteriormente pelo Correio Eletrônico um Certificado de Participação. Serão conferidas premiações aos vencedores de um Concurso Estadual e Nacional de Trovas. A premiação ocorrerá durante o XVI Congresso Brasileiro de Poetas Trovadores a ser realizado de 04 a 07 de Julho de 2019, no Plenário Urias Simões dos Santos da Câmara Municipal de Anchieta, cidade localizada ao sul do Estado do Espírito Santo a 80 quilômetros da Capital Vitória.

A Trova vencedora a nível Nacional é: Oh! Anchieta, seu esplendor / mostra com arte e emoção / que a vida tem mais valor / com Cultura e Educação. / Em segundo lugar foi classificada a Trova da consagrada Trovadora Leonilda Yvonneti Spina, residente na Cidade de Londrina, no Estado do Paraná: Jesuíta dedicado, / cultura e saber profundo. / Anchieta é consagrado: / Santo e herói do novo mundo! / Em terceiro Lugar a escolha da Comissão Julgadora composta de poetas e Acadêmicos residente em Serra, ES, foi à trova de Marina Gomes de Souza Valente, de Bragança Paulista, São Paulo: Padre José de Anchieta, / tendo a Virgem como tema, / com cultura e sem caneta / traçou na areia um poema. /
Também foram classificados e receberão Medalhas de honra ao Mérito e Diplomas de Vencedores, os seguintes Trovadores: Márcia Jaber e Dulcídio de Barros Moreira Sobrinho, ambos de Juiz de Fora, MG. Roque Aloísio Weschenfelder, de Santa Rosa, Rio Grande do Sul; Amilton Maciel, de São José dos Campos, São Paulo; Paulo Roberto de Oliveira Caruso, de Icaraí, Niterói, RJ; Raimunda Pinheiro de Souza Frazão, de São José do Ribamar, no Estado do Maranhão; Rogério Marques Siqueira Costa, de Itaocara, no Rio de Janeiro; Almir Zarfeg e Elias Botelho, de Teixeira de Freitas, Bahia; Olympio da Cruz Simões Coutinho, de Belo Horizonte, MG; Wanda Cunha de São Luis no Maranhão; Francisco Gabriel de Natal, Rio Grande do Norte e Maria Marlene Nascimento Teixeira Pinto, de Taubaté, São Paulo.

Já a nível Estadual, participantes do Estado do Espírito Santo foram recebidas um total de 132 trovas de 69 trovadores Capixabas, sendo classificada em primeiro lugar a Trova do premiado Trovador Capixaba, Albércio Nunes Vieira Machado, residente no setor Ásia em Cidade Continental, na Serra: É litorânea a Cidade / de Anchieta. Que formosura! / Também tem a qualidade: / ser o Berço da Cultura. Também foram classificados e receberão Medalhas de honra ao Mérito e Diplomas de Vencedores, os seguintes Trovadores: Nealdo Zaidan, de Anchieta, ES; Hawany Nawar Everton Maranhão, de Piúma, ES; Val Bernardino, de Barra de São Francisco, Norte do ES; Emílio Soares da Costa, do bairro Jabour, Vitória, ES; Ângela Lino Veríssimo, de Manguinhos, Serra, ES; Geraldo Fernandes, de Vitória, ES; Lenaldo Ferreira da Silva, o Aldo Veranatto, de Guarapari, ES; Max Miller, residente em Hélio Ferraz, Serra, ES; Zenaide Emília Thomes Borges de Eurico Salles, Carapina, ES; Givaldo Inácio da Silva, Mestre Gil, residente em Laranjeiras, Serra, ES e a Artista plástica e Poeta Denise Moraes, de Vitória, ES.

A Comissão Julgadora também divulgou a lista de classificados com as melhores Poesias do Concurso Nacional com o tema “Maravilha de Anchieta.” Este ano a Comissão resolveu optar em divulgar a relação de todos os classificados. A escolha dos três melhores poemas será feita durante o Congresso Brasileiro de Poetas Trovadores. O classificado lerá, no sábado à tarde, o seu poema se tiver presente. Caso não possa comparecer indicará alguém para ler o seu poema. Uma Comissão Julgadora escolhida na hora dentre os presentes ao Congresso escolherá os três primeiros lugares que receberão troféus e Diplomas.

Todos participantes receberão Medalha de honra ao Mérito e Diplomas. Foram classificadas as Poesias dos seguintes Poetas: Jacimar Berti Boti, de Colatina, ES; Nealdo Zaidan, de Anchieta, ES; Max Miller, residente em Hélio Ferraz, Serra, ES; Anne Mahin, de Guarapari, ES; Paulo Roberto de Oliveira Caruso, de Icaraí, Niterói, Rio de Janeiro; João Roberto Vasco Gonçalves, de Vitória, ES; Edilson Celestino Ferreira, de Vitória, ES; Maria Marlene Nascimento Teixeira Pinto, de Taubaté, SP; Hawany Nawar Everton Maranhão, de Piúma, ES; Francisco Gabriel de Natal, Rio Grande do Norte; Lenaldo Ferreira da Silva, o Aldo Veranatto, de Guarapari, ES e Raimunda Pinheiro de Souza Frazão, de São José dos Índios, na Cidade de São José de Ribamar, no Estado do Maranhão.

Os Congressos Brasileiros de Poetas Trovadores foram iniciados em 1981 com a denominação de Seminários Nacionais da Trova, sempre na primeira Semana de Julho para comemorar o Aniversário do Clube dos Trovadores Capixabas, CTC, fundado a 1º de Julho de 1980. Em novembro de 2017, o CTC transformou-se em Academia de Letras e Artes de Poetas Trovadores, ACLAPTCTC, com 50 Acadêmicos Fundadores Titulares e 40 Acadêmicos Correspondentes de diversas Cidades brasileiros e do Exterior. Este ano de 2019, além do Congresso em Anchieta está previsto para o período de 14 a 17 de Novembro o XVII Congresso Brasileiro de Poetas Trovadores na Cidade de Iúna, na Região do Caparaó, onde está o Pico da Bandeira, na divida entre Minas e Espírito Santo, com apoio da Academia Iunense de Letras através do seu Presidente José Salotto e da Prefeitura local.

Press release Divulgação ACLAPTCTC:
Presidente Clério José Borges – cj-anna@bol.com.br;
Secretário Geral: robertovasco@hotmail.com; Tel.: 27 99963 04 71
Diretor de Relações Públicas: Lenaldo Ferreira – lenaldo@live.com;

XVI CONGRESSO BRASILEIRO DE POETAS TROVADORES

DE 04 A 07 DE JULHO DE 2019 – 39º ANIVERSÁRIO DO CTC – 2º ANIVERSÁRIO DA ACLAPTCTC

Evento totalmente gratuito. Aberto a participação de Estudantes, Professores, Poetas, Escritores e do Povo em Geral. Inscrições inteiramente gratuitas na hora. Certificado no final, enviado por Correio Eletrônico, com carga horária de 32 horas.

APOIO: PREFEITURA, CÂMARA E POVO EM GERAL.
Local: Auditório da Câmara Municipal de Anchieta, ES.

PROGRAMAÇÃO

04 DE JULHO DE 2019 – QUINTA FEIRA

14h às 17h: Inscrições e Montagem do Varal de Poesias e de Trovas dos Acadêmicos da ACLAPTCTC e de Alunos das Escolas locais. Ornamentação do local. Artesanato local e pinturas de Artistas da Terra. Local: Auditório da Câmara Municipal de Anchieta, ES.

18h: CERIMÔNIA DE ABERTURA. Local: Auditório da Câmara Municipal de Anchieta.
Início com Apresentação Artística e Cultural: Mestre Hudson e o Grupo Jongo Sol e Lua. Composição da mesa que presidirá os Trabalhos. Execução dos Hinos: Nacional, do Estado e de Anchieta. Execução do Hino da Academia ACLAPTCTC, Letra e Música do Acadêmico, Edilson Celestino Ferreira. Saudação Inicial pelo Presidente da ACLAPTCTC, Clério José Borges. Saudação pelas Autoridades presentes. Homenagem ao Escultor nascido em Anchieta, HIPPOLITO ALVES.

PREMIAÇÕES COM TROFÉUS, MEDALHAS E DIPLOMAS: Destaques para os vencedores do Concurso Municipal, Estadual e Nacional de Trovas com tema Anchieta Berço da Cultura, Acadêmica Adircilene Lerilda Batista e Silva, Presidente da Academia de Letras e Artes da Cidade de Lagoa da Prata, Minas Gerais e para o Acadêmico Roque Aloísio Weschenfelder, Santo Cristo, Rio Grande do Sul. Posse Acadêmica da Acadêmica Correspondente Cadeira Número 44, Ercelle D´Allessandro Costa, que anunciará o Patrono (a). HOMENAGENS A PERSONALIDADES CULTURAIS DA CIDADE.

22h Encerramento.

05 DE JULHO DE 2019 – SEXTA FEIRA

10h – Concentração na Praça São Pedro. CITY TOUR, com o pagamento de apenas R$ 20,00 por pessoa. Valor pago na hora do embarque no ônibus. Visita com o guia, Poeta Durinho. Locais: Casa da Cultura, Santuário Nacional de Anchieta, Visita ao Quarto onde dormia o Santo Padre José de Anchieta. Visita a Praça das Garças, Poço Coimbra e Abaré, Mirante Ponta de Castelhanos. Início do Concurso Relâmpago de Trovas com o tema a ser definido na hora. Criação da Comissão que irá elaborar a Carta de Anchieta. Almoço por adesão no Restaurante Batelão, na Praia de Castelhanos, Sra. Kênia. Moqueca simples para 02 pessoas R$60,00. Preço promocional.

14h – Início das atividades do período da tarde. Local: Auditório da Câmara Municipal

14h – Espaço para Lançamentos e relançamentos de livros e Tarde de Autógrafos.
14h -. Exibição do Filme em Vídeo, “Queimado, uma Revolta de Escravos”, de João Carlos Christo Coutinho, sobre a Revolta dos Negros Escravos acontecida no Espírito Santo em 1849.
14h – INFORME SOBRE O PROCESSO DE NORMATIZAÇÃO DA TROVA JUNTO A ABNT. Proposta APROVADA em plenário na Sessão Solene da ACLAPTCTC no Rio, em 17/05/2019, (Roberto Vasco).
15h – OFICINA DE CRIAÇÃO POÉTICA. O que é Prosa? O que é Poesia? O que é Trova?
15h30m – Mesa Redonda. Mercado editorial. Como publicar um Livro. Diagramação. Prefácio, ISBN, Ficha Catalográfica. A UNESCO definiu, em 1964, um livro como sendo um impresso não periódico de 48 páginas ou mais. Definição acolhida no Brasil pela ABNT na NBR 6029. Coordenação Clério José Borges.
16h – Moedas Digitais: BitCom, a moeda do Escritor do futuro. Pelo Militar da Reserva do EB, José Maria Barreto, do Rio de Janeiro.
16h40m – Dinâmica de incentivo a leitura contando a história das mãos. Pela Acadêmica Adircilene Lerilda Batista e Silva, Presidente da Academia de Letras e Artes de Lagoa da Prata, MG.
17h00m – Palestra “TUDO EM TRANSFORMAÇÃO – Naturalismo a nova Ordem Mundial.” Relançamento do Livro, “Tudo em Transformação”, pelo Acadêmico Edilson Celestino Ferreira.
17h30m– A poesia da Poetisa Portuguesa, Florbela Espanca. Nascida Flor Bela Lobo, (Vila Viçosa, 08 de dezembro de 1894 — Matosinhos, 8 de dezembro de 1930). Precursora do movimento feminista em seu país, com poesias da mais alta qualidade, carregada de erotização e feminilidade. 17h50m. – Bate Papo com os Escritores e tarde de Autógrafos. Coordenação do Escritor Givaldo Inácio da Silva, Mestre Gil. Escritores convidados, Valsema Rodrigues; Edilson Celestino Ferreira; Roberto Vasco; Clério José Borges; Madalena Alves Cordeiro da Rocha; Jacimar Berti Boti (Colatina, ES).
18h – Encerramento das atividades no período da tarde.
19h – SERESTA DOS POETAS TROVADORES. Concentração no Auditório da Câmara Municipal de Anchieta. Ensaio. Relação das músicas a serem cantadas. Participação do povo em geral.
20h – SERENATA DOS POETAS TROVADORES. Pelas ruas de Anchieta. Participação livre e gratuita. Saída da Câmara Municipal com Chegada à Praça do Cantagalo. Surgida no Brasil no século XX, a Seresta rebatizou a mais antiga tradição de cantoria popular das cidades: a Serenata – ato de cantar canções de caráter sentimental à noite, pelas ruas, com parada obrigatória diante das casas das namoradas.

06 DE JULHO DE 2019 – SÁBADO

09h. – TROVEATA. Desfile dos Poetas, Artistas e Grupos Musicais, com saída da PRAÇA SÃO PEDRO até a Praça do Imigrante. Carro de Som. Fanfarra. Acadêmicos com Vestes acadêmicas. Tragam Cópias de Poesias e Livros para doar e entregar para o Povão. Traga Bandeiras e Faixas.

14h30m – Início das atividades do período da tarde. Local: Auditório da Câmara Municipal.

15h – O Acadêmico Romero Siqueira falará sobre sua exposição de objetos do Colecionismo.
15h10m – Espaço para lançamento de Livros de Escritores de Anchieta e Visitantes.
15h15m – Debate sobre a importância dos Conselhos Municipais de Cultura e as Leis de Editais. Convidados: Rogério de Moraes Martins; Clério José Borges e Roberto Vasco.
15h30m – Dança Sênior. Palestra e atividade prática. Pela Acadêmica Magnólia Pedrina Sylvestre.
16h00m – Palestra da Professora Emérita da UFES, Ester Abreu, com o tema: Anchieta – O Primeiro Professor do Brasil e José de Anchieta, dramaturgo de Espírito Santo e do Brasil. Coordenação das Acadêmicas Comendadoras, Ângela Lino de Jesus Veríssimo e Soêmia Pimentel Cypreste.
16h30m – Performance Musical da Acadêmica e Maestrina ADRIANA DUTRA AMARAL.
17h00m – Mesa Redonda – A história de Anchieta, Marco Zero. José de Anchieta foi o fundador de Anchieta? Preservação de Documentos Históricos e Resgate Cultural. Coordenação: DR. GETÚLIO MARCOS PEREIRA NEVES, Presidente do Instituto Histórico e Geográfico do Espírito Santo; Debatedores: PROFESSORA DA UFES, SÔNIA MISSAGIA MATTOS; Roberto Vasco; JEFERSON MULINARI; Clério Borges e o Historiador MANOEL GOES do Instituto Hist. e Geográfico de Vila Velha.

18h – SOLENIDADE DE HOMENAGENS. Abertura solene. Composição da mesa que presidirá os Trabalhos. Saudação do Presidente da ACLAPTCTC, Clério José Borges. Saudação das Autoridades.
19h30m – ENTREGA DE COMENDAS. Homenagens a Poetas, Trovadores e Escritores. Homenagens “In Memoriam” ao Trovador Eno Teodoro Wanke e a Trovadora Vera Maria da Penha.
20h – FESTIVAL DA POESIA FALADA. ESCOLHA DO MELHOR POETA DA CIDADE E REGIÃO.
20h30m – CONCURSO BOLINHO DE ARROZ, COM APRESENTAÇÃO DAS MÚSICAS INSCRITAS. (CULINÁRIA E MÚSICA) 21h30m – Encerramento.

07 DE JULHO DE 2019 – DOMINGO

09h30m – CELEBRAÇÃO ECUMÊNICA EM TROVAS, LOCAL: CÂMARA MUNICIPAL DE ANCHIETA. Participação do Pastor Jamil Miana Quinteiro. Trovas de A.A. de Assis, de Maringá, (PR) e Trovas de Clério José Borges e vários Trovadores, entre as quais a professora Valsema Rodrigues da Costa e a Escritora Vera Lúcia Coser. Cantos de Louvor. O Escritor João Roberto Vasco Gonçalves e a Escritora Comendadora Maria Dolores Pimentel Rezende e Magnólia Pedrina Sylvestre cantarão o CREDO em Latim. Apresentação dos Poetas Trovadores.
10h30m – SOLENIDADE DE ENCERRAMENTO DO CONGRESSO. LOCAL: CÂMARA MUNICIPAL DE ANCHIETA. Resultado do Concurso Relâmpago de Trovas, com entrega de Troféu e Medalhas. Escolha da cidade do próximo Congresso em 2020. Votação e Aprovação da Carta de Anchieta.
12h – Confraternização Final, no Restaurante “Novos Sabores.” Proprietária Sra. Marina. Valor do almoço no Domingo R$ 42,90 sem churrasco, com um desconto para os Congressistas de 10% só falar no caixa com Sr. Gilmar. 15h – Encerramento. Participantes retornando as suas cidades de origem.

ACLAPTCTC – Antigo CLUBE DOS TROVADORES CAPIXABAS, CTC. Registro no Cartório do 1º Ofício da 2ª Zona da Serra, Pessoa Jurídica sob o N.º 17.779, em 11/05/2018 e N.º 7.300, em 25/05/2018. / CNPJ N.º 30.725.599/0001-91 – Rua dos Pombos, 2 – Eurico Salles, Carapina, Serra, ES. CEP: 29160-280. Contatos Presidência: Tel.: 27 3328 0753 / 27 9 92 57 82 53 – cj-anna@bol.com.br; Contatos com a Secretaria Geral: robertovasco@hotmail.com – Tel.: 27 – 9 99 63 04 71.