Cras de Anchieta desenvolve oficina de culinária para crianças

O Centro de Referência e Assistência Social de Anchieta, está desenvolvendo o projeto “Oficina de Culinária para Crianças”. A iniciativa é destinada a crianças de 7 a 14 anos que são contempladas pelo Bolsa Família e acompanhadas pelo Cras. A primeira ação foi realizada na última semana, na sede do Cras em Nova Esperança.

O trabalho é uma parceria do Cadastro Único, Cras e Secretaria de Saúde e com apoio da nutricionista Viviane Miranda, do Núcleo de Apoio de Saúde da Família (NASF). Visa atender cerca de 20 crianças, em situação de vulnerabilidade social.

A nutricionista explica que o projeto tem como intuito realizar atividades onde as crianças através da manipulação de alimentos e receitas, possam aprender e modificar comportamentos, além de adquirir desde cedo os conceitos de culinária e a utilização correta de alimentos.

“Também mostramos para as crianças que a cozinha é um espaço didático, tornando-se um lugar não apenas para cozinhar, mas para ser transmitido valores e relações sejam estreitadas. Além disso o ato do preparo da receita pode conscientizar eles sobre a importância de uma boa alimentação, ou mesmo, sobre questões financeiras ou de higiene”, ressalta a nutricionista.

A atividade será realizada a cada 2 meses com o foco na produção de receitas, que são escolhidas pela nutricionista por serem fáceis de executar pelas crianças, apresentam sempre um ingrediente novo para experimentação das crianças.

Para a realização das receitas é utilizada a cozinha didática do CRAS onde a nutricionista desenvolve a receita e estimula a participação de todos na manipulação dos ingredientes, leitura da receita, separação dos ingredientes que serão utilizados e experimentação. As crianças são também estimuladas a expressarem sua opinião sobre a preparação, demonstrando sua aceitação e impressões sobre os novos alimentos.

Texto: Bruna Miranda | Foto: Divulgação