Prefeito de Anchieta anuncia retorno do tíquete alimentação e outros benefícios

Medidas foram anunciadas após recebimento de recursos com recuperação de créditos.

Prefeito anunciou medidas na Câmara Municipal durante sessão ordinária.
Prefeito anunciou medidas na Câmara Municipal durante sessão ordinária.

O prefeito de Anchieta, Fabrício Petri, participou ontem (16) da sessão da Câmara de vereadores e aproveitou para fazer pronunciamentos importantes. Petri anunciou que, graças a recuperação de créditos, conseguiu recursos para cobrir o déficit orçamentário da prefeitura e retornar com alguns benefícios.

Durante o pronunciamento Petri destacou que quando assumiu em 2017 adquiriu uma prefeitura desestruturada, sem crédito com fornecedores e com uma dívida de R$ 100 milhões, além disso, segundo ele, a receita da prefeitura começava a sofrer brusca queda com a paralisação da Samarco. “Assumimos a gestão em um cenário desafiador, mas com muito trabalho e criatividade conseguimos transformar em um ambiente favorável, criar projetos e executar obras”, disse.

Com a recuperação de créditos, a Prefeitura obteve recursos que serão utilizados para cobrir o déficit orçamentário, voltar com alguns benefícios que foram temporariamente suspensos, pagar a progressão dos servidores efetivos, conhecido como 3.8, retornar com o tíquete alimentação dos servidores comissionados e em designação temporária e investir em saúde e educação. A Prefeitura também irá retomar o auxílio transporte para universitários e alunos de curso técnico nos valores originais de R$ 200,00 e R$ 400,00.

“Estou muito feliz em dar essa notícia ao povo de Anchieta. Essa recuperação de crédito não foi de interesse de outras gestões, mas pudemos enxergar em nosso planejamento estratégico esse nosso direito. Mesmo com essa conquista, iremos continuar com nosso desafio diário de buscar mais recursos para o município e economizar constantemente”, destacou o prefeito.

A recuperação de créditos faz parte das ações do Programa Anchieta Criativa e Empreendedora, por meio de um projeto para captação de recursos. O tíquete alimentação dos servidores comissionados e em designação temporária foi contingenciado no final de 2017 como medida para conter gastos devido a grave crise financeira que o município vem sofrendo.